Promessa de proteção contra fraudes.

Introdução.

A Klarna trabalha continuamente para prevenir, identificar e atenuar atividades fraudulentas, para te sentires sempre em segurança — e com a máxima proteção, enquanto compras através das nossas opções de pagamento.

Usamos sistemas e processos de monitorização de fraudes para atenuar (proativamente) atividades fraudulentas. Além disso, mantemos contacto regular com a polícia, os retalhistas, as empresas de distribuição, organizações da indústria e com os nossos clientes. Só assim conseguimos estar um passo à frente de qualquer tentativa de fraude.

Se suspeitares que foste vítima de fraude, é importante que nos contactes o mais rapidamente possível, para te ajudarmos. Podes contactar-nos por chat ou por telefone +351308804633 para denunciares atividades suspeitas ou fraudulentas.

Nesse caso, a Klarna vai trabalhar cuidadosamente contigo para investigar a denúncia da atividade suspeita (ou a tentativa de fraude). Quando esta investigação confirmar que foste vítima de fraude (sem teres agido de forma negligente; vê mais na secção: “Quando esta garantia não se aplica”), não te preocupes, porque a Klarna não espera que pagues pela compra fraudulenta.

Lê este documento com atenção para encontrares mais informações sobre como denunciar uma reclamação de fraude com a Klarna. Aqui, também encontras informações sobre exclusões da nossa Promessa de Proteção contra Fraudes.

Se tiveres alguma dúvida sobre uma compra que fizeste, pedimos que analises a Política de Proteção do Comprador para encontrares uma solução. Podes ver a nossa Política de Proteção do Comprador aqui.

Como a Klarna te protege contra fraudes.

Na Klarna, usamos fortes controlos antifraude para proteger os nossos clientes e evitar compras não autorizadas. Não podemos partilhar todas estas medidas, já que estaríamos a ensinar possíveis criminosos a manipular o sistema.

As medidas em vigor, e aquelas que podemos partilhar, são as seguintes:

 

1. Mecanismo de risco

Desenvolvemos um mecanismo de risco interno sofisticado — com base na nossa experiência nos últimos 15 anos. Quando um comprador tenta fazer uma encomenda, verificamos mais de 100 pontos de dados (bem como outros fornecedores, para verificação extra).

 

2. Verificação de identidade

Verificamos a identidade e o endereço de todos os nossos clientes em fontes de dados externas. Se não conseguirmos obter confirmação de identidade suficiente desses fornecedores de dados independentes, rejeitamos a transação.

 

3. Verificação de autenticação

Para tentativas de compra de “maior risco”, as nossas ferramentas de risco de fraude podem exigir verificações de autenticação adicionais. Aqui, pedimos mais informações aos clientes, para verificar a sua identidade — usando diferentes métodos, como questões desafiantes (baseadas em conhecimentos).

Se detetarmos que alguém está a tentar usar os dados de outra pessoa para comprar algo com a Klarna, a nossa equipa de fraude vai fazer os possíveis para interromper a transação e proteger, assim, os detalhes expostos.

Trabalhamos com os nossos retalhistas e fornecedores de logística para evitar entregas e intercetar as encomendas que já tenham sido enviadas. No entanto, como acontece com todos os fornecedores de pagamento, isso nem sempre é possível.

Como podes proteger-te contra fraudes.

Existem muitas informações úteis disponíveis para te protegeres contra fraudes. Aqui estão algumas recomendações:

  • Nunca dês os teus dados pessoais a alguém que ligou inesperadamente — isto inclui as informações da tua conta, palavras-passe ou combinações de PIN. A Klarna, ou a polícia, nunca vão ligar-te a pedir este tipo de informação.
  • Nunca descarregues nenhum software para o teu PC ou telemóvel, especialmente quando solicitado por alguém por telefone ou email — mesmo que penses que estás a falar com alguém de confiança.
  • Se te ligaram, afirmando ser de um banco ou de outra empresa, desliga e liga de volta para o número de telefone público da entidade em causa.
  • Mantém as tuas informações pessoais seguras quando usas o teu cartão pelo telemóvel, na internet ou em lojas. Assim, garantes que mais ninguém ouve as tuas informações.
  • Usa um serviço de redirecionamento se te mudares para uma nova casa, como o fornecido pelos CTT – Correios de Portugal. Informa o teu banco, empresa do cartão e quaisquer outras organizações que exijam essa nova morada.
  • Destrói os documentos de que não precisas — como contas, extratos bancários ou correio que esteja no teu nome. Se puderes, usa uma trituradora.
  • Partilha o mínimo possível de informações pessoais sobre ti nas redes sociais, e aceita apenas convites de quem conheces.
  • Tem cuidado se outras pessoas tiverem acesso à tua publicação. Contacta os CTT – Correios de Portugal se achares que o teu correio está a ser roubado.
  • Cancela imediatamente qualquer cartão de crédito, ou débito, perdido ou roubado.
  • Se perderes (ou te roubarem) o teu passaporte, carta de condução, cartões ou outras informações pessoais, contacta imediatamente a entidade que os emitiu.

Existem várias entidades que partilham mais informações sobre a melhor forma de te protegeres contra fraudes online e financeiras. A Klarna recomenda estes recursos:

Como denunciar atividades suspeitas ou uma tentativa de fraude.

Se acreditas que foste vítima de fraude, há uma série de passos rápidos e práticos que podes considerar.

Em primeiro lugar, podes verificar se recebeste algum email da Klarna na data da compra ou próximo dela. Na comunicação por email da Klarna, deve ser claro em que loja a compra foi feita e que artigos foram comprados.

Se ainda não reconheces a compra e acreditas ser vítima de fraude, contacta-nos por chat ou telefone +351308804633 para denunciar atividades suspeitas ou fraudulentas.

A Klarna vai trabalhar cuidadosamente contigo para investigar a denúncia de atividade suspeita (ou a tentativa de fraude). Quando esta investigação confirmar que foste vítima de fraude, não te preocupes, porque a Klarna não espera que pagues pela compra identificada.

Quando é que esta Promessa não se aplica?

A Promessa de Proteção contra Fraudes não se aplica quando participaste, ou tens algum conhecimento, da atividade fraudulenta que aconteceu (ou está a acontecer). Também deves estar disponível para ajudar a Klarna na investigação de uma alegação de fraude.

A Promessa de Proteção contra Fraudes não se aplica nas situações em que:

  • Envolves-te ativamente na fraude em questão;
  • Não adotaste medidas razoáveis para proteger a tua conta Klarna (ou informações pessoais), permitindo, por isso, que a fraude aconteça;
  • Recusaste ajudar a Klarna na investigação da fraude — incluindo a partilha de mais informações ou documentação, a pedido da Klarna.
  • Tentaste abusar da Promessa de Proteção contra Fraudes.

A Promessa de Proteção contra Fraudes será aplicável a todas as denúncias de fraude a partir de 1 de outubro de 2021.

As condições da Promessa de Proteção contra Fraudes podem ser atualizadas no futuro para te proteger contra abusos, ou para ajudar a Klarna a prevenir e processar fraudes. Também podemos fazer ajustes para: refletir as orientações, ou requisitos dos reguladores, ou das autoridades de fiscalização.

Alegações enviadas às tuas instituições financeiras.

Se foste vítima de fraude — relacionada com uma compra autorizada usando uma das opções de pagamento da Klarna — e um pagamento for retirado do teu cartão de crédito ou débito (ou da tua conta bancária), pedimos-te, por favor, que contactes o banco emissor do teu cartão (ou conta) diretamente. Assim, podes tentar pedir a devolução do dinheiro e resolver o problema.

Se as nossas investigações confirmarem que foste vítima de fraude, mas nenhum pagamento tiver sido feito, não te preocupes, porque a Klarna não espera que pagues pela compra fraudulenta.