Jul 19, 20224 min. de leitura

Como é que a Klarna te protege contra a fraude?

Klarna logo

Por Klarna

A época de vendas de verão chegou e isto significa que nos próximos dias iremos aumentar os nossos gastos através da internet e depender dos serviços online para tudo – desde a compra de presentes até à reserva de viagens. Por esta razão, recomendamos particular atenção ao risco de fraude online e apresentamos sugestões sobre como efetuar compras, pagamentos e operações bancárias através da internet com toda a segurança.

Na Klarna, sabemos como é importante para os consumidores poderem confiar numa experiência online sem imprevistos, que esteja protegida contra a fraude.

A intuitiva plataforma da Klarna requer que o utilizador introduza o seu nome, morada e número de telemóvel ao efetuar uma compra. Nos bastidores da nossa plataforma de pagamento smoooth, usamos uma tecnologia sofisticada que analisa mais de 180 pontos de dados diferentes para identificar potenciais atividades fraudulentas em cada transação efetuada. Verificamos também a identidade e a morada de todos os nossos clientes junto de fontes de dados externas, incluindo uma análise do risco de crédito. Se não conseguirmos obter uma confirmação de identidade suficiente por parte dos fornecedores de dados independentes, recusamos a transação.

Suponhamos que detetamos que um defraudador utiliza os dados de outra pessoa para comprar algo com a Klarna. Nesse caso, a nossa equipa de combate à fraude fará tudo o que estiver ao seu alcance para impedir a transação e proteger os dados da pessoa de uma maior exposição no seio da Klarna.

Mas não ficamos por aqui. Temos uma equipa dedicada que se adapta e melhora constantemente a forma de identificar e gerir a fraude. Por conseguinte, as nossas taxas de fraude são extremamente baixas: cerca de metade das taxas registadas para os cartões de pagamento.

Como podes proteger-te contra a fraude?

Existem diversas coisas que podes fazer para proteger-te dos defraudadores. Uma das mais importantes é modificar regularmente a palavra-passe de acesso à tua conta de e-mail. Além disso, deverás ter em atenção o seguinte:

  • Nunca dês dados pessoais a uma pessoa que te telefone inesperadamente. Isto inclui dados de conta, palavras-passe ou códigos PIN. A Klarna ou a polícia nunca irão telefonar-te a pedir este tipo de informações.
  • Nunca descarregues software para o teu computador ou telemóvel a pedido de alguém por telefone ou e-mail, mesmo que acredites estar a falar com uma entidade de confiança.
  • Se não tiveres a certeza acerca da identidade de alguém que te tenha telefonado a afirmar ser do banco ou de outra empresa, desliga e volta a ligar para o número de telefone publicado pela empresa.
  • Destrói documentos que já não sejam necessários, incluindo faturas, extratos bancários ou correio que esteja em teu nome, de preferência usando um triturador de papel.
  • Fornece o mínimo possível de informação pessoal nas redes sociais e só aceita convites de pessoas que conheças.
  • Cancela imediatamente qualquer cartão de crédito ou débito perdido ou roubado.
  • Se perdeste ou roubaram o teu documento de identificação, carta de condução, cartões ou outros dados pessoais, contacta imediatamente a entidade emissora.

O que acontece se tiveres sido vítima de fraude?

Quando utilizas a Klarna, estás sempre protegido pela nossa Política de Proteção do Comprador e pela nossa Política de Proteção contra Fraude, por isso, na rara ocasião em que identifiquemos um caso de fraude, não tens de te preocupar com a eventualidade de pagar por uma compra que não efetuaste.